quinta-feira, 31 de maio de 2012

Soltando o verso - Descortinando Walt Whitman (poeta)


Ignorar a métrica absorvendo as regras
e mudá-las agora
revolucionando a história pessoal
sendo mais do que as linhas mostram
sem pretensão de ser novo Whitman nem Maiakovski
pois ainda, nem de perto, sou Pessoa
nem de longe sou mais alguém
mas sinto que já fui
orvalho, semente e pássaro
livres 
por isso liberto o verso
que já fui 
soltando o verbo
que no momento sou

Joakim Antonio



"Toda revolução digna deste nome produz seu grande poeta [...] Assim, se Maiakovski é o poeta da Revolução russa, não é exagero dizer que Walt Whitman (1819-1892) é o grande poeta da Revolução Americana, ocorrida uma geração (1776) antes de seu nascimento" - LEMINSKI, Paulo. "Introdução" In Walt Whitman. Folhas das FOLHAS DE RELVA. Seleção e tradução de Geir Campos. São Paulo: Editora Brasiliense, 1984. p.8


CANTO A MIM MESMO (fragmento) 
Eu parto que nem ar,
sacudo os cabelos brancos ao sol
que se está indo embora,
derramo em remoinhos minha carne
e deixo-a flutuando em pontas rendilhadas.
Eu me planto no chão para crescer
com a relva que eu amo:
quando vocês de novo me quiserem,
é só me procurarem
debaixo da sola de seus sapatos.
Dificilmente saberão quem sou
ou o que eu quero dizer,
mas mesmo assim eu hei de ser para vocês
boa saúde, dando ao sangue de vocês
pureza e energia.
Se logo de saída não me acharem,
mantenham a coragem:
se me perderem num lugar, procurem
achar-me noutro:
em algum ponto eu hei de estar parado
à espera de vocês.
Walt Whitman
(tradução de Geir Campos)




Walt Whitman (Huntington, 31 de maio de 1819 – Camden, 26 de março de 1892) foi um poeta, ensaísta e jornalista norte-americano, considerado por muitos como o "pai do verso livre". Paulo Leminski o considerava o grande poeta da Revolução americana, como Maiakovsky seria o grande poeta da Revolução russa.

Nos seus poemas, Walt Whitman elevou a condição do homem moderno, celebrando a natureza humana e a vida em geral em termos pouco convencionais. Na sua obra "Leaves of Grass", Whitman exprime em poemas visionários um certo panteísmo e um ideal de unidade cósmica que o Eu representa. Profundamente identificado com os ideais democráticos da nação americana, Whitman não deixou de celebrar o futuro da América.

Ficou ainda mais conhecido mundialmente a partir das citações inseridas no enredo do filme Sociedade dos Poetas Mortos.

Na série, No Fim do Mundo, alguns poemas de Leaves of Grass são lidos na rádio local, originando uma disputa entre o locutor e o proprietário da rádio a propósito das supostas inclinações sexuais de Whitman e da conotação sexual da obra.

Fernando Pessoa escreveu um poema de nome "Saudação a Walt Whitman".

"Introduziu uma nova subjectividade na concepção poética e fez da sua poesia um hino à vida. A técnica inovadora dos seus poemas, nos quais a idéia de totalidade se traduziu no verso livre, influenciou não apenas a literatura americana posterior, mas todo o lirismo moderno, incluindo o poeta e ensaísta português Fernando Pessoa."


Imagens: You Write Such Pretty Words by ChantelBaggley, Walt Whitman Colorizedby by Daoodpirnazar

Documentário - Raça Humana





O país do orgulho da miscigenação, apregoado por Gilberto Freire e Darcy Ribeiro, se deparou há alguns anos com uma questão espinhosa: a adoção de cotas raciais nas universidades.

Se falar de racismo no Brasil já era tabu, falar de cotas, então, se transformou num daqueles temas sobre os quais é melhor nem iniciar conversa. A menos que estejamos em um grupo onde todos são favoráveis ou todos contrários. Aí, sim, dá para desabafar os inconformismos, de um lado e de outro.

No documentário, questões seculares e mal-resolvidas da história do Brasil vão ressurgindo, tendo como pano de fundo a discussão das cotas raciais. Ao refletir sobre a reserva de vagas para negros no ensino superior, os entrevistados revelam que a discussão vai muito além: envolve o papel das universidades brasileiras; as falhas do sistema educacional; a questão da meritocracia nos vestibulares; o racismo e, principalmente, o papel do negro na estrutura sócio-educativa do país.

"Raça Humana" foi vencedor da categoria Documentário, na 32ª edição do Prêmio Vladimir Herzog de Anisitia e Direitos Humanos, em 2010.

FICHA TÉCNICA
Direção e Roteiro: Dulce Queiroz
Edição e Finalização: Joelson Maia
Imagens: Claudio Adriano; Edson Cordeiro; André Benigno
Videografismo: Ernani Pelúcio
Produção: Pedro Henrique Sassi e Pedro Caetano
Trilha Original: Alberto Valerio
Coordenação Geral: Dulcídio Siqueira


Para mais vídeos visite meu canal no Youtube


quarta-feira, 30 de maio de 2012

Liberdades - Visão Interior




Liberdades no blog Visão Interior


Tudo será diferente

toda liberdade será exaltada
toda prisão será execrada
todo pensamento livre de amarras
todo paradigma queimado...

Clique aqui para ler o texto completo 



Conheça e veja o restante do post no blog



Congelação



Congelar momentos
a parada no ar
de um beija flor

Eternizar perfumes
um dia fresco
depois da chuva

Gravar na retina
o sorriso de alguém
quando lhe vê

Marcar na pele
o arrepio que dá
quando beija

Cristalizar entre dedos
a lágrima de alegria
que rolou para

Ter na memória
para sempre
a mais linda história

De Amor!

Joakim Antonio




Image: Freeze the time by J. Sunderland

terça-feira, 29 de maio de 2012

Soneto Dantesco - Descortinando Dante Alighieri (poeta)

Sandro Botticelli, Inferno, Canto XVIII, 1480.

Como foi que apareci por ali
tendo por guia um sujeito cego
quando de repente me dei por mim
ainda não cri naquele sortilégio

Mostrou-me torturas que nunca vi
pessoas amontoadas como prédios
nem tenho como descrever a ti
o que viram estes olhos incrédulos

Uma voz antiga gritou, "Menino"
"Cuidado! Lá em cima, igual cá embaixo."
acordei gritando do pesadelo

Não sabia como decifrar aquilo
continuei tremendo no meu quarto
Com medo. Foi totalmente Dantesco

Joakim Antonio

Encontram-se os Poetas no oitavo círculo, chamado Malebolge, o qual é dividido em dez compartimentos concêntricos. Em cada um deles é punida uma espécie de pecadores, condenados por malícia ou fraude. No primeiro compartimento são punidos com açoites pela mão de demônios os alcoviteiros; e entre eles Dante reconhece Venedico Caccianemico e Jasão. No segundo jazem em esterco os aduladores e as mulheres lisonjeiras, entre outros, Alessio Interminelli, de Lucca e Taís.
Fragmento de, A Divina Comédia (Canto XVIII) por Dante Alighieri, tradução de José Pedro Xavier Pinheiro.
Dante, em afresco de Luca Signorelli.

Dante Alighieri ( Maio/Junho de 1265 – 14 de Setembro de  1321 ) foi um escritor, poeta e político italiano. É considerado o primeiro e maior poeta da língua italiana, definido como il sommo poeta ("o sumo poeta").

Seu nome, segundo o testemunho do filho Jacopo Alighieri, era um hipocorístico de "Durante". Nos documentos, era seguido do patronímico "Alagherii" ou do gentílico "de Alagheriis", enquanto a variante "Alighieri" afirmou-se com o advento de Boccaccio.

Foi muito mais do que literato: numa época onde apenas os escritos em latim eram valorizados, redigiu um poema, de viés épico e teológico, La Divina Commedia (A Divina Comédia), que se tornou a base da língua italiana moderna e culmina a afirmação do modo medieval de entender o mundo. Nasceu em Florença, onde viveu a primeira parte da sua vida até ser injustamente exilado. O exílio foi ainda maior do que uma simples separação física de sua terra natal: foi abandonado por seus parentes. Apesar dessa condição, seu amor incondicional e capacidade visionária o transformaram no mais importante pensador de sua época

Nascimento

Não há registro oficial da data de nascimento de Dante. Ele informa ter nascido sob o signo de Gêmeos, entre fim de maio e meados de junho. A referência mais confiável é a data de 25 de maio de 1265. Dante, na verdade, é uma abreviação de seu real nome, Durante.

Educação

Pouco se sabe sobre a educação de Dante, presumindo-se que tivesse estudado em casa, de forma autodidata. Sabe-se que estudou a poesia toscana, talvez com a ajuda de Brunetto Latini (numa idade posterior, como se dirá de seguida). A poesia toscana centrava-se na "Scuola poetica siciliana", um grupo cultural da Sicília que se dava a conhecer, na altura, na Toscânia. Esse interesse depressa se alargou a outros autores, dos quais se destacam os menestréis e poetas provençais, além dos autores da Antiguidade Clássica latina (de entre os quais elegia, preferencialmente, Virgílio, ainda que também tivesse conhecimento da obra de Horácio, Ovídio, Cícero e, de forma mais superficial, Tito Lívio, Séneca, Plínio e outros de que encontramos bastantes referências na Divina Comédia Fonte: Wikipédia

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Karingana Wa Karingana - Descortinando José Craveirinha (poeta)


Baía de Maputo, Moçambique 

Quando o poeta nasce, se espalha. Ele nasce como todos e um dia descobre que tem olhos defeituosos, não consegue enxergar as cores como todos, não vê tons de peles como separação, a vida totalmente cinza, situações pretas. Muitas vezes pensam que ele tem olhos de gato, pois vê tudo, onde outros só vêm nada. Por isso ele luta contra quem açoita qualquer virtude humana, nunca deixando que outro de seu igual, lhe diga que é inferior. Ele resiste e mostra com atitudes e as palavras advindas, do que é feito o poeta.

Karingana wa karingana, José Craveirinha...

Joakim Antonio



KARINGANA UA KARINGANA*

Este jeito
de contar as nossas coisas
à maneira simples das profecias
— Karingana ua Karingana —
é que faz o poeta sentir-se
gente.

E nem
de outra forma se inventa
o que é propriedade dos poetas
nem em plena vida se transforma
a visão do que parece impossível
em sonho do que vai ser.

— Karingana!


*Obs. Fórmula clássica de iniciar um conto e que possui o mesmo significado de “Era uma vez”.



José João Craveirinha (Lourenço Marques, 28 de Maio de 1922 — Maputo, 6 de Fevereiro de 2003) é considerado o poeta maior de Moçambique. Em 1991, tornou-se o primeiro autor africano galardoado com o Prémio Camões, o mais importante prémio literário da língua portuguesa.

Autobiografia
«Nasci a primeira vez em 28 de Maio de 1922. Isto num domingo. Chamaram-me Sontinho, diminutivo de Sonto. Isto por parte da minha mãe, claro. Por parte do meu pai, fiquei José. Aonde? Na Av. Do Zihlahla, entre o Alto Maé e como quem vai para o Xipamanine. Bairros de quem? Bairros de pobres.
Nasci a segunda vez quando me fizeram descobrir que era mulato…

A seguir, fui nascendo à medida das circunstâncias impostas pelos outros.

Quando o meu pai foi de vez, tive outro pai: seu irmão.

E a partir de cada nascimento, eu tinha a felicidade de ver um problema a menos e um dilema a mais. Por isso, muito cedo, a terra natal em termos de Pátria e de opção. Quando a minha mãe foi de vez, outra mãe: Moçambique.

A opção por causa do meu pai branco e da minha mãe preta.

Nasci ainda outra vez no jornal O Brado Africano. No mesmo em que também nasceram Rui de Noronha e Noémia de Sousa.

Muito desporto marcou-me o corpo e o espírito. Esforço, competição, vitória e derrota, sacrifício até à exaustão. Temperado por tudo isso.

Talvez por causa do meu pai, mais agnóstico do que ateu. Talvez por causa do meu pai, encontrando no Amor a sublimação de tudo. Mesmo da Pátria. Ou antes: principalmente da Pátria. Por parte de minha mãe, só resignação.
Uma luta incessante comigo próprio. Autodidacta.
Minha grande aventura: ser pai. Depois, eu casado. Mas casado quando quis. E como quis.

Escrever poemas, o meu refúgio, o meu País também. Uma necessidade angustiosa e urgente de ser cidadão desse País, muitas vezes, altas horas a noite.» Fonte: Wikipédia
Obs.: Optei por deixar apenas as próprias palavras de José Craveirinha, pois há muito na rede para se pesquisar sobre ele, para um começo indico o ótimo site do poeta Antonio Miranda

Imagem usada na montagem: Radiating glow by Grevys, Baía de Maputo, Moçambique

domingo, 27 de maio de 2012

Dançatriz - Descortinando Isadora Duncan (bailarina)

Isadora Duncan  by Arnold Genthe


Dança sem regras
com a alma
calma e absorta
em si

Dança sem pudor
com a natureza
crua e nua
em ti

Dança sem platéia
com a música
lenta ou não
em nós

Joakim Antonio


Desde o início nada mais fiz do que dançar a vida.
Criança, dançava a alegria espontânea dos seres em crescimento.
Adolescente, dancei com uma alegria que se transformava em apreensão diante das correntes obscuras e  trágicas que começava a lobrigar no meu caminho.
Apreensão da brutalidade implacável da vida e da sua marcha esmagadora.
Isadora Duncan


Angela Isadora Duncan (São Francisco, 27 de maio de 1877 – Nice, 14 de setembro de1927) foi uma bailarina dos Estados Unidos. 
Considerada a pioneira da dança moderna, causou polêmica ao ignorar todas as técnicas do balé clássico. Sua dança foi inspirada pelas figuras das dançarinas nos vasos gregos.
Sua proposta de dança era algo completamente diferente do usual, com movimentos improvisados, inspirados, também, nos movimentos da natureza: vento, plantas, entre outros. Os cabelos meio soltos e os pés descalços também faziam parte da personalidade profissional da dançarina. Sua vestimenta era leve, eram túnicas, assim como as das figuras dos vasos gregos.
O cenário simples, era composto apenas por uma cortina azul. Outro ponto forte na dança de Isadora é que ela utilizava músicas até então tidas apenas como para apreciação auditiva. Ela dançava ao som de Chopin e Wagner e a expressividade pessoal e improvisação estavam sempre presentes no seu estilo.
No ano de 1916 ela veio ao Brasil e se apresentou no Teatro Municipal, no Rio de Janeiro, nesta época ela estava com 38 anos de idade. Fonte: Wikipédia

Obs.: Algumas fontes que encontrei, tanto nacionais como internacionais, citam como data de nascimento 26 de maio e pude notar que muitos sites, inclusive o Isadora Duncan Dance Foundation, citam apenas o ano de nascimento 1877. 

sábado, 26 de maio de 2012

Índice Reflexivo 2012


Houve um Convite a uma jornada, de Amor (I)Limitado, onde resolvi andar Com_Paixão, tonando-a uma  Constante durantes esses dias. Aprendi que Humildade é um dos elos da Aliança que faz surgir a Nobreza da alma. Em Silêncio comecei a Organização da casa, em busca da Satisfação que só a Continuidade de uma profunda Introspecção de Princípios poderia Encorajar a enfrentar. Aflorou uma Emoção que vivia em Restrição, mas era apenas Empatia, surgida da Convivência com todos aumentando minha Gratidão.

Um bom Propósito traz consigo Dignidade, mas só com Paciência alcançaremos a Autoconfiança que nos dá Tranquilidade. Muitos ignoram que há uma Força maior que eles, pois significa Submissão, que não sabem também ser sinônimo de respeito. Vínculos de amor nos fortalecem, e ao vê-los se multiplicar, temos Orgulho da Generosidade ainda existente em nosso país.

Compreensão e Carinho para com os outros ainda é um Desafio, assim como conseguir alcançar a Modéstia de saber que sem União não há verdadeira vitória. O Respeito ao Entusiasmo e sonhos do outro nos trará mais Entendimento, pois ao Compartilhar dos sonhos alheios, haverá uma Renovação dos nossos. Para uma Apreciação completa do outro devemos saber que tudo gera Envolvimento. A vida é Cooperação constante. Não jogar lixo no chão, por exemplo, é uma Gentileza que o mundo inteiro agradece.

Devemos ser a mudança, tendo Integridade de também fazer o que pedimos. Quem sabe não somos a peça que falta para o Equilíbrio no mundo. Agir com Determinação em busca dos sonhos, não é utopia. Entre todos que já venceram, não há quem não Agradeça a palavra certa, que lhes deu Confiança para mudar e vencer, alcançando a Soberania de seu próprio castelo.

Joakim Antonio

Obs.: Esse texto serve como índice para as reflexões dos 49 dias de uma jornada, cada link leva ao post correspondente de mesmo nome.

Obrigado por acompanhar, tenham todos uma linda vida!

Signatura - Retratos da Alma




Signatura, coluna Palavra Expressa no site Retratos da Alma




Assinaturas imperfeitas

Significações raras

traços reveladores

das próprias falhas

( ... )

Pressão usada

cor da tinta

espessura das linhas

forma da escrita...






Clique abaixo para ler o texto completo


sexta-feira, 25 de maio de 2012

Soberania - Dia 49/49


Há um novo rei na selva

Muitos começam a jornada, mas nem todos chegam ao final. Parece simples, 10 minutos do seu dia. A cada dia um aspecto da sua vida é analisado, encontrando-se com suas fraquezas. Muitos desistem por falta de tempo, falta de vontade, medo do que encontram e mais, medo do que encontrarão depois.

Dizem que a maior jornada que existe é a interior. Não se pode mentir para si mesmo, pode-se tentar, mas você sempre saberá a verdade. E no final da caminhada, após tantas fraquezas encontradas, você encontra seu verdadeiro eu. Agora você tem o maior conhecimento que poderia querer, conhece a si próprio.

Nascemos com instinto de sobrevivência, sem medo de nada e com o tempo, vamos sendo bombardeados por medos fabricados, desejos impostos e regras que favorecem apenas quem mesmo as escreve. Tornado-nos gatos domesticados quando na verdade somos leões.

Quem pode contestar que vivemos numa selva, agora de pedra, onde um passa por cima do outro para levar vantagem dos que tentam sobreviver, e quem vence, apenas repete os passos do anterior. Conhecer a si mesmo é um desafio e também o segredo para sair desse circulo vicioso.

Ao conhecer suas fraquezas, poderá melhorar a si mesmo e andar com altivez. Será soberano da sua selva, sabendo onde pode andar com segurança e quando precisa ter paciência, até o momento certo de passar chegar. 

Todos saberão através de suas atitudes, que há um novo jogador, diferente deles porque segue as regras e também porque, pelo brilho do olhar, sabem que ele não é bobo. 

Diz a lenda que nunca viram o mesmo homem começar e terminar a jornada. E é verdade.

No final ele já não é o mesmo que começou.


Joakim Antonio


Passamos a vida ouvindo que há um rei da selva. Poucos descobrem que na verdade são eles mesmos.

Obrigado a todos que passaram por aqui esses 49 dias, espero que tenha conseguido passar algo de bom para todos vocês.

Hoje é o dia 49, sétima semana e o último dia de uma jornada, o assunto de hoje é nobreza na nobreza, soberania.


Imagem: The new king by Svenimal
The new male barbary lion 'Chalid' at Hannover Zoo.
August 2010/ Nikon D300/ Nikkor 300mm 4,0
ISO 200/ F 4/ 1/800 sec

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Confiança - Dia 48/49


Minha vida está em suas mãos.   

"Confiar no outro, é também confiar no seu próprio julgamento. Quem desconfia de todos, não confia em si mesmo."

Joakim Antonio



Não há compromisso sem confiança. Uma ação simples como sair de casa para trabalhar, requer muita confiança. Nós confiamos que o ônibus fará o trajeto certo, não seremos atropelados, ninguém nos agredirá no caminho e que todos cumprirão seus compromissos estabelecidos. Quando isso não ocorre a confiança fica abalada.

Quanto mais frustrações, menos confiamos nos outros, mas na verdade não confiamos mais em nosso julgamento. Se nos atrasamos para o trabalho, vemos onde erramos e no outro dia já saímos mais cedo, mas com quem temos compromisso, firmados no amor, deixamos para depois. Lembre-se que o outro também confia em você. Não há compromisso sem confiança, nos outros e em si mesmo.

Hoje é o dia 48 e a sétima semana de uma jornada, o assunto de hoje é compromisso na nobreza, confiança.

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Agradeça - Dia 47/49


Precisa de motivos?

Em novembro de 2010, se a população da Terra fosse reduzida à dimensão de uma pequena cidade de 100 pessoas, poderia observar-se a seguinte distribuição:

61 Asiáticos, 12 Europeus, 8 Americanos (norte), 5 Americanos (sul), 13 Africanos, 1 da Oceania,
50 mulheres, 50 homens, 47 viveriam em áreas urbanizadas, 12 seriam deficientes,
33 seriam cristãos (das várias igrejas existentes), 21 seriam muçulmanos, 13 seriam hindus, 6 seriam budistas, 1 seria sikh, 1 seria judeu, 11 seriam de outras religiões, 11 seriam não-religiosos, 3 seriam ateus,
41 viveriam sem saneamento básico, 18 viveriam sem uma fonte de água constante,
20 pessoas seriam donas de 75% de toda a riqueza, 14 viveriam com fome ou mal-nutridos,
12 não saberiam ler, 12 teriam computador, 8 teriam conexão de internet,
1 adulto (com idade entre 15-49 anos) teria AIDS.

Seria gasto $1.24 trilhão de dólares em despesas militares e apenas 100 bilhões em ajuda ao desenvolvimento local.

Quando olha para o mundo nessa perspectiva, consegue perceber a real necessidade de solidariedade, compreensão e educação?

Pense também no seguinte:

  • Esta manhã, se você acordou com saúde, então é mais feliz do que 1 milhão de pessoas que não vão sobreviver até o final da próxima semana.
  • Se nunca sofreu os efeitos da guerra, a solidão de uma cela, a agonia da tortura, ou fome, então é mais feliz do que outros 500 milhões de pessoas do mundo.
  • Se puder entrar numa igreja (ou mesquita) sem medo de ser preso ou morto, é mais feliz do que outros 3 milhões de pessoas do mundo.
  • Se tem comida na geladeira, tem sapatos e roupa, tem uma cama e teto, é mais rico do que 75% das outras pessoas do mundo.
  • Se tem uma conta bancária, dinheiro na carteira e algumas moedas num cofrinho, pertence ao pequeno grupo de 8% de pessoas do mundo que estão bem na vida.
  • Se teus pais ainda estão vivos e unidos...   Você é uma pessoa muito rara.

Se está lendo esta mensagem, é triplamente feliz, pois:

  1. Alguém lembrou-se de você.
  2. Não faz parte do grupo de 780 milhões de pessoas que não sabem ler.
  3. E tem um computador! 
(Texto que acompanha o vídeo no youtube)
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

E ter pessoas que leem o que escrevo, me dão mais motivos para agradecer.

Joakim Antonio 






Reclamar do que não temos, vem da insatisfação de nossa situação, o que não é errado. O que pode ser considerado erro é apenas reclamar sem nada fazer para mudá-la, ou pior reclamarmos de que não há nada de bom na nossa vida.

Uma das coisas que me deixam triste, as vezes, é ajudar na limpeza da geladeira ou despensa. Não entendo como pode-se deixar estragar tanta comida. Em um país, ou melhor, em um mundo onde ainda se tem problemas como a fome, desperdiçar comida é um pecado. Agradeço nunca ter passado por isso.


Hoje é o dia 47 e a sétima semana de uma jornada, o assunto de hoje é humildade na nobreza, agradecer.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Determinação - Dia 46/49


Eu quero meu lugar ao Sol

Não sabia porque mentiram para ele. Basta ser bom, lhe disseram, e a bondade lhe trará frutos. Então partiu como se nunca fosse perder, sem nem olhar para trás. Andou até não poder mais, sempre sendo tão bom como pudesse. Mas agora estava morrendo de fome. Olhava para o céu e pensava que seria bom se os frutos aparecessem agora. Então percebeu que não ouvia mais sons atrás de si. Sim, porque mesmo sem olhar, podia ouvir a respiração dos que vinham atrás. Até percebeu que conforme os obstáculos apareciam, diminuíam os sons, mas agora era diferente, havia apenas o som da sua própria respiração. Sem dar um segundo a dúvida, virou-se bruscamente e pôs-se a chorar, descobriu que mesmo com todo esforço, não avançara um metro sequer de onde iniciara a jornada, mesmo assim o choro era de felicidade, porque só agora percebera que não ia para frente, mas para o alto.

Joakim Antonio.


É fácil ficar motivado com o começo de algo, sem dúvidas e com a certeza de que iremos vencer. Mas após alguns obstáculos a maioria desiste, alguns diante do primeiro, outros perto do final e abandonam seus sonhos. Devemos ter em mente que ser bom para vencer, relaciona-se a nós mesmos. 

Não é ser o bonzinho das comédias, que sempre é enganado, é ser bom no que faz. Claro que não devemos ser maus, mas ter a determinação para dizer não, tanto para quem quer abusar, como para as desculpas que damos a nós mesmos. Não posso dizer que a determinação lhe dará muitos frutos, mas eles ficarão muito mais gostosos.

Hoje é o dia 46 e a sétima semana de uma jornada, o assunto de hoje é tolerância na nobreza, determinação.


Imagem: Determination by NakedSoulstone

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Equilíbrio - Dia 45/49


Me dá uma mão aqui 

"O corpo é um grande desenho, que ao tocar outro desenho, complementa-se. Para ser um bom líder, precisamos desenvolver a capacidade de formar figuras, equilibrando desenhos de tonalidades diferentes."

Joakim Antonio 


Enquanto não aprendemos a nos equilibrar em todos setores da nossa vida, as coisa não saem como planejamos. Vivemos em sociedade, mas teimamos em fazer muitas coisas sozinhos. Ouvir o outro e aproveitar sua sabedoria, nos trará felicidades futuras.

Nas artes marciais já vi campeões natos, mas pensavam não precisar treinar, muito menos ouvir o conselho do mestre, pois eram os melhores. Com o tempo alunos mais esforçados treinaram tanto que os venceram. Atingiram o equilíbrio necessário para analisar e ver o que precisavam mudar. Hoje eles são líderes de respeito.

Hoje é o dia 45 e a sétima semana de uma jornada, o assunto de hoje é beleza na nobreza, equilíbrio.


Imagem: Yin Yang by XSheezoX

domingo, 20 de maio de 2012

Integridade - Dia 44/49

 Image by Coswyn
 E O VERBO SE FEZ CARNE 

Integridade só existe verdadeiramente, quando você pratica o que prega.

Joakim Antonio 


Que hoje cada um use esses preciosos minutos, para ouvir as considerações do seu coração.


Hoje é o dia 44 e a sétima semana de uma jornada, o assunto de hoje é disciplina na nobreza, integridade.  

sábado, 19 de maio de 2012

Gentileza - Dia 43/49


A gentileza está em nossas mãos.


Um bom dia
pode pegar no colo
Um sorriso 
pode iluminar o dia
Um olá
pode criar amizade
Um até mais
pode criar futuros 

Ser gentil pode mudar o mundo

Joakim Antonio



Quando tratamos as pessoas rudemente, estamos regredindo na história. Exaltamos líderes que são exemplos de boa vontade, mas não seguimos seu exemplo. Se examinássemos de perto a história, veríamos o quanto muitos deles fracassaram até aprenderem a tratar os outros como gostaríamos de ser tratados.

Um título qualquer, não nos dá nobreza e sim as atitudes. E como sempre, precisamos começar em casa. Nossa casa de dormir, de morar, de brincar, de viver. Há um mundo clamando por respeito, só não ouve quem não quer. Já está marcada em nosso cotidiano a frase, gentileza gera gentileza. Mas está faltando usarmos mais a nossa.

Hoje é o dia 43 e a sétima semana de uma jornada, o assunto de hoje é bondade na nobreza, gentileza.

Imagem: Palmsize friend II by DojjU

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Cooperação - 42/49


Venha ver como é legal aqui em cima!

"Crescer em conjunto, multiplica a força e dá mais alegrias na chegada ao topo."

Joakim Antonio 


Um compromisso deve objetivar o crescimento de todas as partes interessadas, senão nada será construído. Somos como engrenagens trabalhando em conjunto, se uma para, tudo para. Algumas pessoas se interessam apenas pelo que o outro irá acrescentar, nunca pensam, o que eu posso oferecer.

Na escola já aprendemos, quando havia trabalhos em grupo, aquele que pouco ajuda por ser preguiçoso, é deixado de lado depois. Mas aquele que não sabe como ajudar é guiado pelos outros, que ficam felizes com o resultado final. Já viram como crianças ficam felizes, quando seu amigo consegue fazer algo que ensinaram? É a felicidade de terem alcançado algo juntas. Isso é cooperação.

Hoje é o dia 42 e a sexta semana de uma jornada, o assunto de hoje é nobreza no compromisso, cooperação.

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Envolvimento - Dia 41/49


Compromisso não é apenas dizer sim. É uma aliança com gravidade própria, atraindo mais alianças a sua órbita. Com a diferença que ela atrai apenas o que lhe fortalece, mesmo que não pareça. Isso porque ela busca apenas o melhor para sua sobrevivência. Para fortalecer o compromisso, não importa o que vem na frente, se ela quer o que vem atrás. Nós chamamos isso de complicações, a aliança chama de desafios, e enquanto nós maldizemos a luta, ela aplaude o fortalecimento. E a cada obstáculo ultrapassado, descobriremos a força e a alegria que nosso compromisso nos dá.

Joakim Antonio

Quando firmamos um compromisso, temos que ter em mente que ele gerará mais compromissos. Muitas vezes reclamamos que não entendemos o que está acontecendo, mas são frutos de nossas decisões. Se temos um filho é bem mais fácil notar isso, pois você preocupa-se até com a respiração e temperatura dele.

Todo compromisso é assim, se não cuidarmos dos outros compromissos que ele pede, não durará. Talvez aquele algo que nunca vem, está esperando que ultrapassemos o primeiro e maior obstáculo para que ele entre em nossa vida, que é cumprirmos nossa próprias decisões.

Hoje é o dia 41 e a sexta semana de uma jornada, o assunto de hoje é compromisso no compromisso, envolvimento.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Apreciação - Dia 40/49


 Cora Coralina - Doceira de palavras. Especialidade - Compota de versos.
  
Humildade - Cora Coralina

Senhor, fazei com que eu aceite
minha pobreza tal como sempre foi.

Que não sinta o que não tenho.
Não lamente o que podia ter
e se perdeu por caminhos errados
e nunca mais voltou.

Dai, Senhor, que minha humildade
seja como a chuva desejada
caindo mansa,
longa noite escura
numa terra sedenta
e num telhado velho.

Que eu possa agradecer a Vós,
minha cama estreita,
minhas coisinhas pobres,
minha casa de chão,
pedras e tábuas remontadas.
E ter sempre um feixe de lenha
debaixo do meu fogão de taipa, 

e acender, eu mesma, 
o fogo alegre da minha casa 
na manhã de um novo dia que começa.

(De Meu Livro de Cordel, 1976)


Hoje em dia muitas pessoas bastam a si mesmo, pelo menos elas pensam assim. É preciso cultivar a humildade, abrir os olhos para o novo e o antigo, para o poeta dentro do seu convívio, seja avô, pai, filho, amigo ou desconhecido.

Conviver com pessoas melhores que nós, tornará mais firme nosso compromisso de melhorar. Quantas pessoas não dão bola para os versos de uma doceira, mas não notam que ninguém traz nas mãos palavras tão doces como as dela. Quando passamos a prestar atenção no outro, ele nos surpreende.


Hoje é o dia 40 e a sexta semana de uma jornada, o assunto de hoje é humildade no compromisso, apreciação.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Renovação - Dia 39/49


"Um compromisso é apenas o primeiro semear, sem renovar os cuidados nada floresce e o que cresceu, corre o risco de secar."

Joakim Antonio 


Por mais forte que seja nosso compromisso, devemos ficar atentos às nossas atitudes para com ele. Muitas vezes deixamos de fazer várias coisas já pensando, ele sabe que não foi por querer, ele até sabe, mas aí não é compromisso.

Engraçado é que ninguém falta no trabalho ou na escola pensando, hoje não deu para ir mas nem vou ligar, ele sabe que se eu não fui ou fiz é porque não deu. Sabe por quê? Porque há consequências imediatas. Quanto a quem amamos, também há, mas elas se acumulam e aparecem apenas no futuro, ou na falta dele. Quando respeito o outro renovo meu compromisso com ele.

Hoje é o dia 39 e a sexta semana de uma jornada, o assunto de hoje é tolerância no compromisso, renovação.


Imagem: To Be Green by TabithaLillian

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Compartilhar Dia 38/49


Você lembra daquele dia? Claro, você não me deixa esquecer!

Melhor amigo é coisa que não tem explicação, não é racional, não tem tempo nem idade. Até as brigas são diferentes, não é irmão nem parente, mas ganha brigas que até sua mãe duvida. Melhor amigo é teimoso demais, um não faz o que o outro diz, mas acabam fazendo a mesma coisa juntos. Você namora, casa, tem filhos, netos e ele ali, teimoso como você sabe que ele é, tão teimoso, mas tão teimoso, que ele insiste em ser seu amigo, mesmo quando você não merece, porque ele sabe que é nesse momento, que você mais precisa.

Joakim Antonio 


A amizade é o melhor exemplo de compromisso verdadeiro, você compartilha alegrias e tristezas, briga e retorna, mas ela nunca acaba. E não acaba justamente porque compartilhamos verdadeiramente o nosso eu com o dele.

Engraçado que todo mundo que vê grandes amigos brigando, sabe que eles logo estarão se falando. Mas sempre há aqueles que não querem dar o braço a torcer, estão sabe o que acontece? Aparece um terceiro amigo/irmão pra mandar os dois tomarem vergonha, e como se fossem crianças, darem de novo as mãos. Não importa se é casal, irmão, pais, etc. Sejamos amigos!

Hoje é o dia 38 e a sexta semana de uma  jornada, o assunto de hoje é compaixão no compromisso, compartilhar.

domingo, 13 de maio de 2012

Entendimento - Dia 37/49


"Você pode até desmontar o relógio para ver como ele funciona por dentro, mas para usá-lo precisa entender como ele funciona por fora." 

Joakim Antonio 


Para manter uma decisão, precisamos entender o máximo possível de tudo que está relacionado a ela. Como nos afeta e aos outros, pois vivemos em sociedade e toda decisão terá consequências, se boas ou ruins, dependerá da nossa visão da situação.

Quando fiz um curso de aperfeiçoamento, quase tudo já era de nosso conhecimento e o professor constantemente nos lembrava: esse curso não é para ensinar é para lhe dar confiança, para quando lhe perguntarem se está certo da decisão, vocês responderem tranquilamente, sem dúvida.

Hoje é o dia 37 e a sexta semana de uma jornada, o assunto de hoje é disciplina no compromisso, entendimento.

sábado, 12 de maio de 2012

Entusiasmo - Dia 36/49



Para existir entusiasmo devemos amar nosso trabalho.

Um dia perguntaram para o senhor da limpeza, de onde ele tirava tanto entusiasmo, pois vivia sorrindo, até quando limpava o banheiro.

- Quando chego em casa eu sorrio na calçada, me alegro com o teto sobre minha cabeça, amo o beijo dos meus filhos e da mulher amada. Alegro-me com comida na mesa, uma lição de escola e um abraço apertado. Dou uma gargalhada com saúde, roupas limpas e um desenho na televisão. Mas o principal é que amo meu trabalho, não como você vê, um simples limpador de banheiro, amo meu trabalho como deve ser, uma expressão do meu viver.

Daquele dia em diante seu apelido mudou. Apesar de continuar preferindo zé, todos só o chamavam de mestre.

Joakim Antonio


Quando o assunto é amor ao trabalho, sempre haverá um para apontar trabalhos onde não se sentiria bem nunca. Isso é normal, nem todos trabalhamos no que queremos. Um modo melhor de se entender seria dizendo, amor ao que se faz e não importando o que seja, deveríamos fazer o nosso o melhor.

Nas artes marciais aprendemos que a prática leva a perfeição, então praticamos constantemente, até que um dia nos tornamos mestres. O interessante é que você não se torna mestre dos outros, mas sim de si mesmo. Então cada ação sua será reconhecida de imediato, pois todo trabalho feito, deixará sua marca.

Hoje é o dia 36 e a sexta semana de uma jornada, o assunto de hoje é bondade no compromisso, entusiasmo.

Ironias - Retratos da Alma




Ironias, coluna Palavra Expressa no site Retratos da Alma




Eu sou um ser noturno

mas não soturno

que por ironia do destino

estuda de manhã

(mentira, culpa só minha)

( ... )


Eu sou um ser alegre

mas não tonto

que por ironia das lições

virou bobo de Clarice...




Clique abaixo para ler o texto completo


sexta-feira, 11 de maio de 2012

Respeito - Dia 35/49


"Quando ele fala todos param para ouvir, não simplesmente pela idade, mas sim pela experiência." 

Joakim Antonio 


A verdadeira humildade nos dá dignidade para caminhar sem temer comentários. A falsa humildade deixa-nos prepotentes e sem respeito, tanto nosso pelos outros como deles para conosco. Quanto mais nos aperfeiçoarmos, mais seremos respeitados. E aí temos mais uma armadilha.

É muito fácil ao chegarmos nesse patamar, deixarmos de respeitar os outros por achá-los inferior a nós. Esquecemos o quanto aprendemos com todos pelo caminho. As pessoas de maior respeito que conheço, são também as que respeitam a todos no mesmo patamar. Ninguém sabe tudo e todos têm algo para nos ensinar.

Hoje é o dia 35 e a quinta semana de uma jornada, o assunto de hoje é nobreza na humildade, respeito.

quinta-feira, 10 de maio de 2012

União - Dia 34/49


"Estar juntos por afinidades é formar um grupo, estar juntos em um mesmo objetivo é união."

Joakim Antonio


Muitas vezes acontece de não sairmos do lugar durante algum projeto, temos certeza que estamos certos, mas nada acontece. Começamos a duvidar do projeto, mas nunca de nós, afinal chegamos até ali sozinhos e não é agora que alguém, que não conhece nossa vida inteira, saberá mais do que nós.

Ao aprender como jogar xadrez, não entendia como os outros erravam o óbvio e quando foi minha vez de jogar, eu não acreditei foi em como eu errei tanto. O outro sempre tem uma percepção diferente e é isso que um grupo oferece, mais ideias, avaliações e ajuda. A união é uma das chaves que faltam para novas mudanças.

Hoje é o dia 34 e a quinta semana de uma jornada, o assunto de hoje é compromisso na humildade, união.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Modéstia - Dia 33/49



Drawn: The Talkative Tortoise by sherryetal

A tartaruga e os dois patos - Fábula de La Fontaine

Era uma vez uma Tartaruga que queria conhecer o mundo. Confiou este seu desejo a dois Patos que viviam perto dela, numa lagoa.

Um belo dia, a lagoa secou e os Patos prepararam-se para partir. Antes, porém, foram despedir-se da sua amiga e fizeram-lhe um convite:

- Se quiser, pode vir conhecer o mundo conosco. Cada um de nós segura a ponta de um ramo e você agarra-se bem a ele com a boca. Assim, ficará em segurança e poderá ver, lá do alto, cidades e reinos maravilhosos.

A Tartaruga nem pensou duas vezes: aceitou o convite e, nesse mesmo dia, partiram todos à aventura. Sobrevoaram aldeias, cidades e reinos de encantar. Quando passavam por cima de um campo, os camponeses admiraram-se com o que viram e gritaram:

- Vejam! Vejam! Uma Tartaruga a voar!

- Como sou extraordinária! - gritou a Tartaruga cheia de orgulho.

Porém, assim abriu a boca, largou o ramo e estatelou-se no chão.

Moral da história: Aceita o triunfo com modéstia.


Hoje em dia parece que, quando lemos fábulas para crianças, nos achamos apenas professores e esquecemos também de aproveitar a lição. 

Joakim Antonio


Modéstia ou falsa modéstia, qual as pessoas usam mais. Há diversas armadilhas espalhadas pelo caminho, a mais fácil de cair é a modéstia. Pensemos juntos, quantas pessoas já vimos dizer: eu não sou humilde. Não que precise alguém dizer isso para os outros, mas nos faz pensar o que andamos dizendo para nós mesmos.

Eu me considero um caminhante, onde cada parada é um ponto de aprendizado, mas não paro em locais, paro em momentos, cada um com um novo professor. Com eles aprendi que a partir do momento que me orgulho de ser humilde, deixei de ser realmente modesto.

Hoje é o dia 33 e a quinta semana de uma jornada, o assunto de hoje é humildade na humildade, modéstia.

terça-feira, 8 de maio de 2012

Desafio - Dia 32/49


Se você deseja laranjas mas a vida só lhe dá limões, você senta e reclama? 


Ele era conhecido como o rei do limão. Podia ser suco, refrigerante, torta, essências, etc. Falou em limão lembrava-se dele. Suas empresas cresceram tanto que lançou as ações delas na bolsa de valores. Ficou milionário e deu centenas de entrevistas. Em uma delas o repórter perguntou como tudo começou.

Rapaz foi uma coisa esquisita sabe, eu comprei um terreno e não sabia nada. Ai o antigo proprietário me deixou várias mudas de laranjeira para plantar. Cuidei bem delas todas mas quando deram frutos, veio a surpresa, era tudo limão. Já tinha preparado tudo pra vender as laranjas, aí fui atrás do pessoal que morava em volta, aprender com as mulheres a fazer tudo quanto é doce de limão. Com o tempo já me chamavam de rei do limão lá na minha cidadezinha. O negócio se espalhou que nem fogo brabo, rapidinho veio gente de outras cidades, depois estados e quando vi tava tão grande que precisei de gente mais experimentada pra cuidar de tudo. Agora tá aí nesse mundão todo. E pensar que eu pedi aos céus pra ter o mais bonitos pés de laranja das redondeza.

Joakim Antonio


Várias vezes tomamos decisões que não correm como planejamos. Mas isso não devia ser motivo para desistirmos e talvez, se olhássemos com mais calma, encontraríamos oportunidades escondidas. Lembra daquele ditado? Se a vida lhe der um limão faça uma limonada.

Eu também aprendi esse ditado. Mas aprendi uma coisa a mais, se estivermos bem preparados, rapidamente identificaremos novos caminhos, onde outros acham que tudo acabou. Em vez de apenas fazer limonada poderemos fazer uma torta.

Hoje é o dia 32 e a quinta semana de uma jornada, o assunto de hoje é tolerância na humildade, desafio.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Carinho - Dia 31/49


O carinho gera bons frutos

No meu breve trilhar, eu vi o mundo inteiro gritar, a terra tremer, o ar se revirar, o fogo espalhar-se e o mar revoltoso com o desrespeito que há. Vejo também o ser humano gritar muito, de medo, mas muito pouco, pedindo respeito à sua própria casa.

Joakim Antonio


Pode ser um cômodo ou quatro, apartamento ou mansão, uma choupana ou um casarão na fazenda. Desde pequeno aprendemos a manter nossa casa arrumada, começando pela cama quando crianças e depois conforme crescemos, todos os lugares por onde passamos. Mas estamos nos esquecendo do planeta, a casa de todos nós.

O maior carinho do sertanejo é com a terra, especialmente os que conviveram com os índios. Alguns os expulsaram de suas terras, já outros, tiveram humildade de reconhecer sua grande sabedoria, aprendendo a respeitar e ter carinho por tudo que há na Terra.

Hoje é o dia 31 e a quinta semana de uma jornada, o assunto de hoje é compaixão na humildade, carinho.

Imagem: Hold You Tight by oO-Rein-Oo

domingo, 6 de maio de 2012

Compreensão - Dia 30/49


Mudando a parte mudará o todo.

"Muitas vezes queremos colorir o mundo, mas nos esquecemos de pintar a própria casa."

Joakim Antonio 


Entender a si mesmo é o primeiro passo, mas temos que tomar cuidado para que ele não se torne o único. Podemos meditar e descobrir o que está errado, ser humilde em admitir os erros, que temos pouco conhecimento e que precisamos mudar. Mas sem andar nunca sairemos do lugar.

Muitas vezes sabia o que precisava mudar, mas surgiam aquelas desculpas como falta de dinheiro, tempo e oportunidades. Ainda me pego em algumas desculpas, mudando conforme a situação, mas o que me incomoda é saber que poderia estar fazendo mais. Hoje compreendo que minhas decisões afetam os outros também, então espero compreender toda situação antes de tomar uma decisão.

Hoje é o dia 30 e a quinta semana de uma jornada, o assunto de hoje é disciplina na humildade, compreensão.

Imagem: You can change the world by Anciss

sábado, 5 de maio de 2012

Generosidade - Dia 29/49


Compartilhar o que você tem, tem o poder de abrir portas.

Ser generoso no ter, uma carona, a dica certa, um incentivo, a história lida, um abraço terno, a canção mais bela, um aperto de mão, a comida dividida, um ouvido atento, a critica construtiva, um sorriso aberto e o estar por perto, na alegria, na tristeza, na dúvida, na certeza, na falta do outro, na mente que seja. 

Não guarde apenas para você, compartilhe com o mundo, o seu melhor.

Joakim Antonio


Nunca saberemos quando um simples gesto de amor, pode ser a chave que abrirá portas para alguém. Uma simples carona forma doutores sem condução, um lanche compartilhado são mais energia para tudo. Até um copo d'água permite andar bem mais que o programado.

Venho aprendendo que se temos um dom, temo que usá-lo bem e compartilhá-lo. Há muitas pessoas precisando do que para nós é banal, pergunte a alguém do nordeste semiárido qual o valor de ter água saindo da torneira. Temos habilidades e posses que, por menor que pareçam, são como água no deserto para alguém. Compartilhe sua água!

Hoje é o dia 29 e a quinta semana de uma jornada, o assunto de hoje é amor na humildade, generosidade.

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Só existe amor - Visão Interior


Só existe amor no blog Visão Interior


Só existe amor
Mas aquele cara odeia todo mundo
( ... )
Meu vizinho não briga com ninguém, mas é quieto até demais
Ele ama estar em paz
( ... )

Mas há muitos sozinhos
Uns porque amam demais, outros porque de menos
As pessoas ou coisas?...



Conheça e veja o restante do post no blog



Orgulho - Dia 28/49


As pessoas mais fortes são as que têm orgulho de quem elas são.


Orgulho é um sentimento de satisfação pela capacidade ou realização ou um sentimento elevado de dignidade pessoal. Em Português a palavra Orgulho pode ser vista tanto como uma atitude positiva como negativa dependendo das circunstâncias. Assim, o termo "pode" ser empregado de maneira errada tanto como sinônimo de soberba e arrogância quanto para indicar dignidade ou brio. -  Fonte: Wikipédia

Joakim Antonio


Ao  procurar imagens relacionadas a orgulho, encontrei muitas páginas falando sobre soberba e arrogância. O mesmo aconteceu com os outros textos. Parece que temos uma séria mania em apontar defeitos e esquecer-se das qualidades. Isso acontece pelo mundo inteiro, basta ver os milhares de vídeos de protesto, em todos os países.

Há uma grande diferença entre sentir vergonha e não sentir orgulho. Eu me envergonho de fatos que acontecem no meu país, mas não sinto vergonha dele, de fazer parte desse povo que luta por tudo. Orgulho-me de todas as descobertas, criações, vitórias e de tantas coisas boas que, quando colocadas lado a lado com as más, são bem maiores. Sentir orgulho de quem somos não nos fará deixar de reclamar do errado, pelo contrário, é saber que temos a mesma força, que outros tiveram, para mudar nossa situação.

Hoje é o dia 28 e a quarta semana de uma jornada, o assunto de hoje é nobreza na tolerância, orgulho.

Imagem: Brazil Pride by Zakair

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Vínculos - Dia 27/49


Vínculos de amor são impossíveis de ser quebrados! 

Tá bravo? Não? Hummm, triste? Ficasim não, ela tá boa. Tá só fazendo prova. Ué, não sabia? Lá no hospital eles leva pra salinha, faz um moooonte de pergunta, se passa volta, senão vai pra salona estuda de novo. Ai todo dia eles vai lá pra perguntar, acertô volta pra casa. Que foi? Tá rindo de mim? É verdade seu bobo, você não vê eu voltando, eu sou muito inteligente! Mas eu cuido de você. Você me olha e eu olho você, tá bão? Você confia em mim? 

É claro que confio filho.

Então toca aqui!

E como era de costume, ao encostarem as mãos disseram bem alto: 

SEMPRE!

Joakim Antonio


Vínculos de amor são fáceis de serem cumpridos, especialmente em família. Geralmente fazem-se diversas coisas porque sentimos que temos um compromisso a cumprir, alguém confia em você, não poderá decepcioná-la. Então, pelo outro, temos mais força para tolerar as adversidades do caminho. Mas e nós, estamos nos decepcionando?

Quando me comprometi a escrever esses 49 dias pela primeira vez, sabia que seria mais difícil que o normal. Primeiro analisar-se, escrever sobre eu à noite, no outro dia escrever para vocês e no meio dos dois, continuar escrevendo como sempre, sem esquecer-se de pular os obstáculos que aparecem no caminho. São textos que ao olhar todo dia, vejo que poderiam serem melhores, mas o objetivo deles não é ser a verdade e sim apenas pontapés, para que juntos comecemos a pensar melhor em como vivemos.

Hoje é o dia 27 e a quarta semana de uma jornada, o assunto de hoje é compromisso na tolerância, vínculos.

Imagem: Believe by Triglauco

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Submissão - Dia 26/49

Aprendemos a voar mas não conquistamos a natureza.


"Submeter-se com humildade, não é desistir é saber quando recuar para voltar mais forte."

Joakim Antonio 

Segundo o Aulete - dicionário digital
(sub.mis.são)
sf.
  1  Ação ou resultado de submeter(-se); SUBORDINAÇÃO; SUJEIÇÃO.
  2  Obediência irrestrita a uma autoridade, a uma lei, a uma orientação etc.
  3  Aceitação de um estado de dependência; DOCILIDADE; OBEDIÊNCIA
  4  Pej.  Humildade excessiva; SUBSERVIÊNCIA 

Quando se fala em submissão pensamos muito em fraqueza, submeter-se ao outro pelo medo, da força ou posição social. Mas quando ela é usada por nós com inteligência, a submissão vira sabedoria. Quem em sã consciência se acha mais forte que uma grande nevasca ou furacão. Nem o maior e mais avançado avião sai do lugar enquanto elas passam. Devemo observar e saber quando devemos nos acalmar e fortalecer para então continuarmos nossa caminhada.

Quando comecei nas artes marciais, no final da aula o mestre perguntou. Quem é mais forte? O bambu que se curva ou o carvalho que resiste? Todas crianças concordaram que era o carvalho. Então ele disse que durante uma forte tempestade o carvalho é arrancado e o bambu, ao curvar-se em respeito, voltava ao lugar quando a tempestade ia embora. Quem é mais forte agora? E então, cumprimentando-nos, curvou-se em nossa direção.

Hoje é o dia 26 e a quarta semana de uma jornada, o assunto de hoje é Humildade na tolerância, submissão.

Dessa vez deixei o post muito mais longo colocando a definição do dicionário, pois o ano passado recebi emails de pessoas que só entenderam o aspecto pejorativo da palavra. E parafraseando Sun Tzu na arte da guerra, "Quando as letras não são bem entendidas, primeiramente a culpa é do comandante delas, então direcione-as melhor." 


Então vou colocar aqui um dos textos que leio para meditar sobre o aspecto do dia.

Humildade na Tolerância

Submissão – resultante da humildade – é um elemento essencial da tolerância. Apressar-se às vezes pode ser uma fórmula para a destruição. O carvalho, por não ter a capacidade de curvar-se numa tempestade, é arrancado. O junco, que se curva à força do vento, sobrevive sem problemas.

Tolerância é alavancada pela força interior. Hod de netzach é o reconhecimento humilde de que a capacidade de tolerar e triunfar origina-se na alma que Deus deu a cada pessoa. Esta humildade não compromete o impulso da tolerância; ao contrário, intensifica-o, porque a tolerância humana apenas pode ir até um certo limite, ao passo que a tolerância que vem da alma Divina é ilimitada.

Pergunte-se
  • Eu percebo quando devo curvar-me, por força e não por medo? 
  • Por que freqüentemente sinto-me temeroso de me submeter? 
  • Atribuo meu sucesso apenas à minha própria força e determinação? 
  • Estou convencido que sou todo poderoso devido ao meu grau de tolerância? 
  • Onde consigo a força quando tudo parece tão árido? 
Exercício para o dia 
  • Ao acordar, agradeça a Deus por ter-lhe dado uma alma com o extraordinário poder e versatilidade para tolerar, apesar de desafios fatigantes. Isto lhe permitirá conseguir energia e forças para o dia todo.

terça-feira, 1 de maio de 2012

Força - Dia 25/49



Com amor podemos suportar mais do que imaginamos.


Ele sempre dizia que ela era sua vida, até que um dia o inimaginável aconteceu, sua vida se foi. De forma inesperada, sem chance de despedida, no dia do próprio aniversário. Ao receber a notícia teve certeza, não havia mais motivos para estar ali. Subiu até o topo do edifício, olhou para o céu pensando se ela estava lá, se iria realmente lhe encontrar. Fechou os olhos e cerrou os punhos, como sempre fazia quando ficava sem forças. No momento do salto fatal, sentiu a mão dela segurando a sua, como sempre fazia quando via que ele estava em dúvida. E ele novamente, sentindo seu toque, acalmou o coração.

Nunca contou a ninguém o que aconteceu. Daquele dia em diante passou a viver a vida de tal modo, que todos se perguntavam de onde tirou tanta energia para tolerar e superar a dor. Hoje em dia, dizem que nunca viram ninguém tão confiante e tão forte, pois enquanto os outros duvidam e param, ele cerra os punhos, olha para os céus e continua.

Alguns juram que toda vez que faz isso, ele sorri.

Joakim Antonio 


Somos mais fortes do que imaginamos, muitas vezes dizemos que um acontecimento é o fim de tudo, mas não, passado um tempo continuamos. Se observarmos bem, são lições de vida para sabermos que tudo passará e ficaremos mais fortes depois. E termos a certeza de que suportaremos o que trará o amanhã, seja o que for.

Se perguntarmos qual a coisa mais triste, a maioria dirá que é a morte de alguém que amamos. Um golpe fatal nunca esperado. Parece que morre um pedaço nosso também, mas o tempo, como todos dizem, cura todas as feridas, não com o esquecimento, mas com a lembrança dos momentos bons. Então verificamos que a fraqueza nunca existiu e somos fortes para continuar, sempre.  

Hoje é o dia 25 e a quarta semana de uma jornada, o assunto de hoje é tolerância na tolerância, força.

Imagem: Your Hand Is Hard To Hold by Aliceinunderland

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...