sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Plágio

Hoje peço licença para colocar um texto de outro autor.



PLÁGIO

A internet possibilita um mundo de opções aos plagiadores, em contrapartida são facilmente desmascarados pela mesma. As vezes fico pensando, o que leva uma pessoa a plagiar um texto, um blog inteiro?

Plágio pra mim é uma forma deturpada de admiração.
A pessoa se emociona com o que lê, mas se sente inferior ao admitir sua incapacidade criativa,ou pior, se sente ofendido ao promover um texto que não escreveu, por isso, esconde o verdadeiro autor.
Deve ser muito triste não ter nada de "seu" pra contar.

Existem textos lindos por aí, que quando leio penso - poxa eu queria ter escrito isso, é natural, é humano, então repasso aquele encantamento publicando no Cítrico com os devidos créditos obviamente.
Algumas vezes sei que aquele autor nem me conhece, mas eu o conheço, eu me misturei ao que ele estava sentindo naquele dia, me emocionei, me identifiquei.

Dividir sentimentos, admiração, publicando textos de outros autores é uma forma de dizer obrigada por falar por mim mesmo sem me conhecer e obrigada ainda mais, por dividir comigo um pedacinho do seu mundo.


Falta de criatividade é o mesmo que usar roupa emprestada
nada do que você mostra é realmente seu.

Renata Fagundes 

Texto Plágio retirado do Blog Citrico Cintilante da Escritora Renata Fagundes

Para completar, deixo aqui a melhor resposta que já li até hoje para um plagiador, retirado da Wikipédia no verbete Plágio

Viena, 1931: carta a um plagiário

Prezado Senhor,

Foi surpresa verificar que resolveu publicar a minha humilde estória, "O imperador José e a Prostituta", tal como a escrevi, com o acréscimo das três palavras: "Por Anton Kuh" , na publicação Querschnitt. Honra-me sem dúvida o fato de sua escolha ter recaído na minha estorinha, quando toda a literatura mundial desde Homero se encontrava à sua disposição. Teria gostado de retribuir na mesma moeda, mas depois de examinar toda a sua obra, não encontrei nada que tivesse vontade de subscrever."  Egon Friedell

Obrigado pela atenção, amanhã voltaremos em outro horário, mas nesse mesmo canal ;)

Abraços e ótimo fim de semana a todos. 

Joakim Antonio

13 comentários:

  1. ahhh meu benhe fico feliz por me defender mas já me acostumei com esse tipo de gente...não me estresso mais

    afinal ninguém plageia o feio e burro né?...kkkkk

    amuce preto noel

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente o plágio é mais comum do que se imagina, mas, como disse bem a autora do texto, ninguém plageia o que não presta! Mas seria bem mais bonito dar os devidos créditos a quem de direito, não seria?!
    Excelente o texto da Renata, parabéns a ela pela iniciativa de levantar a voz contra esse procedimento de alguns.
    Boa tarde amigo, ótimo final de semana, beijos de luz em seu coração!

    ResponderExcluir
  3. Caramba, isso é o fim da picada. sacanagem. Aleinação intelectual!

    Se ela tiver um site de proteção de seus textos tem como denunciar criminalmente. Pode não dar em nada, mas vai dar uma tremenda dor de cabeça para o infrator.

    É inadimissível uma atitude dessas!
    Triste, feio, pobre, pequeno, desprezível.

    Agrrrrrrr............rs

    beijo

    ResponderExcluir
  4. Olá Joakim, apoiadíssimo.Plágio é crime.E ai do boboca ao pensar que não dará em nada cometer esse crime. Com o advento dos sites/blogs há inúmeros advogados especializados no assunto.
    Taí uma bandeira que sempre levantei: a dos direitos autorais.
    Uma ocasião, tive um projeto roubado.
    Joakim, só sei que será difícil plagiar a sua gentileza, a sua solidariedade e a sua sensibilidade. :) Muito obrigada por sua visita e por seu comentário deixado no post em homenagem ao meu amigo que partiu.

    Um beijo pra você e pra Rê.

    ResponderExcluir
  5. Caro Joakim!
    Certa vez tive um texto inteirinho plagiado por uma blogueira. Ela foi tão fiel à cópia que escreveu tudo na primeira pessoa e "no masculino".
    O pior de tudo é que antes ela havia comentado à respeito no meu blog, e discordava da minha opinião! rss
    A falta de criatividade, aliada ao caráter duvidoso, leva certas pessoas a fazerem isso.
    É mais honesto uma única frase escrita pelo autor, do que um texto inteiro copiado sem os devidos créditos.
    Abraços à vc e à Renata!

    ResponderExcluir
  6. Assino em baixo!
    Aproveito a oportunidade para desejar ao amigo um feliz Natal e muito sucesso em 2011!!

    ResponderExcluir
  7. Amigo, passando para desejar a você e a todos os seus um Feliz Natal, cheio de paz, harmonia, saúde e felicidade.
    Bjos ;)

    ResponderExcluir
  8. Rá! O comentário de Francisco! Geralmente é isso que acontece mesmo. Engraçado, né? Alguém ter inveja do cérebro da outra...

    Feliz Natal. Feliz 2011! Muita inspiração, muitos textos e muitas emoções (boas) nesse novo ano!

    ResponderExcluir
  9. Amigo Joakin...Hoje, 21 de dezembro, postamos, com muita honra, um poema seu no nosso blog, com a devida referência. Muito obrigado pela sua autorização!

    ResponderExcluir
  10. A honra foi toda minha Thomaz, tanto você quanto a Suzy, como já disse, tem as portas da casa aberta.

    Sintam-se em casa :)

    ResponderExcluir
  11. A todos amigos que visitam, estou tendo problemas coma a internet esses dias, consegui fazer o post, mas não consigo baixar a imagem :(

    Provavelmente postarei só amanhã, direto de Minas ;)

    Obrigado a todos pela visita.

    ResponderExcluir
  12. Preto da minha amiga Cintilantona...

    Passei pra te desejar um excelente Natal e um Ano Novo magnífico e recheado de coisas boas.
    Ahhhh e não esqueça, faça minha amiga mais e mais feliz sempre....bom, devo confessar que sou uma assassina, fugitiva da polícia...heheheh
    Bjs meus !

    ResponderExcluir

"Quando escrevo minhas idéias tornam-se a pena e minha alma a tinta, por isso quando você lê, você me sente."

Deixe-me saber o que você sente.

Obrigado por comentar!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...