segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

Saudades do rio da minha cidade




Saudade do Rio da Minha Cidade


Eu conheço um rio
De longe muito limpo
De longe, também, muito lindo!
É um rio largo,
Está sempre cheio.
O rio reflete tudo
Como um espelho.
Mas de perto!
Oh! Meu amigo,
Nem olhar direito eu consigo.
O mesmo rio largo e caudaloso,
É, também, sujo e mal cheiroso.
Nele tem lixo de toda parte,
Só falta ter o lixo de Marte!
Eu desconheço essa humanidade,
Que polui o rio desta cidade,
Esse rio teria uma beleza!
Se todos cuidassem da natureza.
Se todos fizessem uma boa ação,
E parassem de sujá-lo com tanta poluição.
O rio que te falo era lindo
E também muito limpo
Sinto saudade do rio sem poluição!
Hoje choro com dor no coração,
De vê-lo tão cheio de esgotos,
E confesso isto com grande desgosto,
O rio que corta a cidade,
Já não suporto vê-lo,
Hoje me pergunto, como socorrê-lo?

Helena Ferreira (Minha Irmã)

2 comentários:

  1. Lindo lindo lindooooo... Quem dera todos nóis pudessemos salvar a natureza

    ResponderExcluir

"Quando escrevo minhas idéias tornam-se a pena e minha alma a tinta, por isso quando você lê, você me sente."

Deixe-me saber o que você sente.

Obrigado por comentar!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...